×
04/07/2022 18h55 Há 743 dias
Centauro fecha acordo inédito para transmitir o Paulistão Feminino

    Com objetivo de incentivar e apoiar cada vez mais o esporte brasileiro e a participação das mulheres nas mais diversas modalidades, a Centauro,
maior rede multicanal de artigos esportivos da América Latina, anuncia de forma inédita a compra de direitos de transmissão e o patrocínio das próximas três edições do Campeonato Paulista Feminino de Futebol (2022, 2023 e 2024), organizado pela Federação Paulista de Futebol (FPF).
    Pelo acordo de media partner, a Centauro passa a ser a primeira marca anunciante a deter os direitos de transmissão de um campeonato de futebol brasileiro, além do acordo de patrocínio. A empresa poderá transmitir 15 partidas do Paulistão Feminino, sendo uma por rodada. Destas, 11 serão exclusivas, incluindo um clássico. Isso significa que a entrada da Centauro no torneio vai ampliar significativamente a grade de transmissão e, consequentemente, a visibilidade da modalidade ao permitir que um número maior de jogos seja acompanhado pelo público, ao vivo.
    Indo mais além, a negociação da FPF com a Centauro prevê um dos maiores investimentos de marcas no futebol feminino no Brasil. Ou seja, uma contribuição direta ao fomento da modalidade, uma vez que o valor do patrocínio vai compor a premiação dos clubes participantes. O investimento, aliás, ajudará o prêmio a alcançar patamares jamais vistos, superando competições nacionais e sendo a maior premiação da história do futebol feminino no país. Os times participantes receberão R$ 2,6 milhões em cotas e premiação ao longo da competição. A equipe campeã receberá R$ 1 milhão e a vice R$ 500 mil, sendo que todos os clubes terão cotas e premiação. O valor de R$ 2,6 milhões representa um aumento de 1757% em relação à edição de 2021, quando foram pagos aos clubes R$ 140 mil — R$ 90 mil para o campeão e R$ 50 mil para o vice.
    “É comum vermos o futebol feminino alvo de discussões sem conclusão: não tem investimento porque não tem visibilidade? Ou não tem visibilidade porque não tem investimento? O nosso passo, ao decidir investir nas duas pontas, é justamente romper e liderar a quebra desse ciclo vicioso. Afinal, o sucesso do esporte é o nosso sucesso. E o que eu quero dizer com isso é que sem o esporte a Centauro não existe. É nossa missão fomentar o futebol e tantas modalidades, como agente transformador, incentivando a prática, a torcida e outros sonhos que envolvem esse universo”, ressalta Gustavo Milo Marasco, diretor de marketing da rede.
    "A parceria com a Centauro é um marco para o futebol feminino do Brasil. Um parceiro que entendeu a realidade de modalidade e que acreditou no propósito defendido pela FPF e pelos clubes paulistas. Temos a certeza de que será uma parceria muito importante para todos, em prol de um único objetivo: o desenvolvimento do futebol feminino", afirma o presidente da FPF, Reinaldo Carneiro Bastos, que ressalta ainda que os clubes não terão custos de operação e produção do campeonato, como acontecia no passado. As receitas obtidas com os direitos de transmissão e parceiros comerciais possibilitarão a premiação inédita e o custeio de todas as despesas de produção e operação da competição, estimadas em R$ 3,3 milhões.
    Dentro dessa ótica, o objetivo da Centauro é que, com o tempo, o futebol paulista feminino consiga alcançar patamares de premiação e visibilidade semelhantes ao do masculino, visando a igualdade às mulheres, ao mesmo tempo que contribuirá diretamente com o desenvolvimento da modalidade no Brasil e a atratividade do produto da Federação. Nesse sentido, a empresa espera que a sua iniciativa estimule outras marcas a aderirem a esse movimento para que a premiação aumente cada vez mais com as somas de apoio.
    Para a rede, esse movimento significa ainda posicionar a Centauro como um player de conteúdo e uma marca de esportes, indo muito além de um anunciante e varejista comum. Como exemplo, durante e fora das transmissões, a Centauro vai transformar o espaço em uma plataforma de conteúdo sobre futebol feminino, com diversas iniciativas, dando visibilidade para quem também fomenta a modalidade no país –projetos sociais, profissionais do setor e outras apoiadoras.
A rede de artigos esportivos ainda vai transmitir, de maneira não-exclusiva, as partidas semifinais e finais do campeonato. Todos os jogos poderão ser acompanhados por meio do seu perfil exclusivo de futebol no Facebook (
https://www.facebook.com/CentauroFutebol).
    O Paulistão Feminino começa em agosto de 2022 e será disputado até dezembro. Ao todo, 12 equipes disputarão a competição: Corinthians, São Paulo, Palmeiras, Santos, Ferroviária, Red Bull Bragantino, Portuguesa, São José, Taubaté, EC São Bernardo, Pinda e Realidade Jovem. Os quatro times mais bem classificados avançam para as semifinais, com jogos de ida e volta.


   Foto: Rodrigo Corsi / Ag. Paulistão

Autoria: Fonte: Federação Paulista de Futebol