×
11/06/2022 16h50 Há 735 dias
Prefeitura instala câmeras de reconhecimento facial em terminal de ônibus

    O prefeito Mario Botion acompanhou a inauguração de um sistema inovador de monitoramento no Terminal de Urbano de Limeira, dotado de inteligência artificial. A tecnologia permite o reconhecimento facial e funciona com nove câmeras conectadas 24 horas ao Centro de Operações Integradas (Copi), da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Civil, que é operado pela Guarda Civil Municipal (GCM). Dada a complexidade, alcance e capacidade de cruzar informações, trata-se do mais avançado dispositivo de monitoramento em atividade do país.

    “É um sistema de alta tecnologia que facilitará o monitoramento de todo Terminal de Ônibus”, destacou Botion. Segundo o prefeito, a implantação das câmeras no local foi motivada pelo grande número de pessoas que transitam pelas plataformas, que pode chegar a 12 mil nos dias úteis, de acordo com a Sancetur.

    Outra característica observada pelo chefe do Executivo, é que o equipamento opera como “Central de Atendimento Remoto”, podendo ser acionado por qualquer usuário em caso de emergência. “Basta apertar um botão e falar diretamente com o Copi”, comentou. O dispositivo está instalado em uma coluna na parte central do terminal e é de fácil identificação.

    Também presente ao Terminal Urbano, Betinho Neves falou sobre a necessidade de melhorar a segurança no local, que vinha sendo alvo de pequenos furtos, bem como do apoio do setor produtivo. “Agradeço a toda família Plastcor, pois essa tecnologia irá facilitar tanto a vida das pessoas que circulam pelo terminal quanto da GCM”, completou. A empresa investiu R$ 110 mil na ação.

    O Secretário de Segurança Pública e Defesa Civil, Wagner Marchi, informou que as câmeras têm alcance de até 1 quilômetro, permitindo até mesmo o monitoramento da parte de baixo do Terminal Rodoviário. Ele mencionou ainda que o Copi precisou passar por uma remodelação, a fim de estabelecer a conexão com o novo sistema.

    “Essa tecnologia tem capacidade para identificar mais de 30 atributos de veículos e de pessoas, e futuramente, poderemos inserir bancos de dados de pessoas foragidas da Justiça”, relatou. Na eventual presença de suspeitos, Marchi esclareceu que o sistema dispara automaticamente um alarme no Copi.

    Sócio-proprietário da Plastcor do Brasil, Tiago Ferreira falou sobre a importância da parceria com o Poder Público. “Não tínhamos como deixar de atender a demanda encaminhada pelo vereador Betinho, nosso objetivo é colaborar com o município, trazendo mais segurança à população”, disse. Criada em 2001, a empresa dedica-se à produção de equipamentos de segurança individual.

Autoria: Fonte: Prefeitura de Limeira