×
31/03/2022 10h30 Há 754 dias
Rio Claro vence Velo Clube nos pênaltis e avança às semifinais

    Se o primeiro clássico entre Rio Claro e Velo Clube foi emocionante, no segundo não foi diferente. Na tarde desta quarta-feira, os times voltaram a se enfrentar pelo jogo decisivo das quartas de final do Paulistão A2 e empataram sem gols no Estádio Dr. Augusto Schimidt Filho, em Rio Claro. Como a primeira partida ficou 2 a 2, a decisão foi para os pênaltis, vencidos pelo Rio Claro por 10 a 9.
    Agora, o Rio Claro terá pela frente a Portuguesa, que eliminou o Primavera com duas vitórias por 1 a 0. Na outra chave, o São Bento aguarda o vencedor do duelo entre Oeste e Linense. O time de Lins venceu o primeiro jogo por 1 a 0. As datas e horários das semifinais ainda serão definidos pela Federação Paulista de Futebol.
    Diferente do jogo de ida, o segundo jogo foi mais nervoso e truncado, mas os dois times não se esconderam. A primeira finalização com certo perigo foi de JP, do Velo Clube, aos 23 minutos. Ele ficou sozinho no ataque, pela direita, mas conseguiu levar para o meio e chutar rasteiro. O goleiro só acompanhou.
    O Rio Claro respondeu com duas bolas paradas. Aos 32, após cobrança de escanteio, Sosa cabeceou firme, mas sem direção. Aos 37, a bola foi levantada na área em cobrança de falta e Sueliton cabeceou por cima.
    O principal lance até então ocorreu aos 41 minutos a favor do Velo, após saída de bola errada do Rio Claro. Felipinho disparou na esquerda e tocou para o meio. A bola desviou em Magno, que quase mandou contra se não fosse grande defesa de Victor Golas.
    A primeira chegada no segundo tempo foi do Velo Clube, em chute de fora da área de Felipinho. Depois, o camisa 10 ainda deu bom passe para Zé Andrada, que acionou JP dentro da área. Ele girou e chutou com perigo. O Velo seguiu pressionando e quase marcou com Di Maria, que cobrou falta e a bola passou por todo mundo na pequena área e foi para fora.
    O Rio Claro respondeu só aos 29, mas com sua melhor chance. Thiago invadiu a área pela esquerda, driblou o adversário com pedalada e saiu na cara do gol, mas chutou para fora. A partir daí os dois times passaram a ter mais cuidado e a decisão foi para os pênaltis.
    Nas cobranças de pênaltis, os dois times foram quase perfeitos, mas alguém precisaria ser eliminado. O placar chegou a ficar 9 a 9, mas na décima cobrança, Jerffeson Recife perdeu a cobrança do Velo Clube e Magno converteu, garantindo a classificação ao Rio Claro.

    Foto: Gustavo Muniz

Autoria: Fonte: Federação Paulista de Futebol