×
15/04/2022 09h30 Há 734 dias
São Bento e Portuguesa empatam primeiro jogo da final

    São Bento e Portuguesa iniciaram a disputa do Paulistão A2 com ótimo jogo na noite da última quinta-feira (14), no Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba. Os mandantes foram superiores e criaram as principais chances, mas esbarraram na ótima atuação do goleiro adversário. Com isso, o placar terminou 1 a 1 e a decisão ficou totalmente aberta. 

    Os times voltam a se encontrar para o jogo decisivo neste domingo (17), às 19h, no Canindé, em São Paulo. A Portuguesa decide em casa por ter melhor campanha geral. Quem vencer, leva o título, enquanto novo empate faz o campeonato ser decidido nos pênaltis. Os dois times já estão garantidos na elite em 2023 nos lugares dos rebaixados Ponte Preta e Novorizontino.

    O início de jogo foi como o esperado. Atuando em casa, o São Bento tomou a iniciativa e foi para o ataque. E conseguiu balançar a rede aos nove minutos. Após cobrança de falta, a defesa da Portuguesa fez linha de impedimento e Cristiano apareceu livre para cabecear. O lance foi muito difícil e só foi anulado após confirmação do VAR.

    Apesar de jogar de forma mais ofensiva, quem realmente abriu o placar foi a Portuguesa. Foguinho falhou no corte e Gustavo França saiu na cara do gol. Ele driblou o goleiro e chutou da entrada da área para marcar aos 23 minutos.

    Mesmo assim, o São Bento seguiu no controle da partida e exigiu uma série de grandes defesas de Wagner. Primeiro espalmou falta de Eliandro. Depois fez duas defesas no mesmo lance, em falta de Cristiano e rebote de Diego Sacoman, além de chutes de fora da área de Diogo Oliveira, Serginho e Foguinho.

    Até que aos 48 minutos o placar foi igualado. Marcos Nunes cruzou da direita, furou o corte e a bola bateu no joelho de Naldo, que marcou contra. 

    Depois de um primeiro bem movimentado, o segundo tempo foi mais cadenciado. Mesmo assim, o goleiro da Portuguesa, Wagner, seguiu trabalhando muito. Novamente em lances seguidos, ele defendeu chute de Diogo Oliveira e cabeçada de Diego Sacoman.

    A Portuguesa conseguiu responder aos 27 minutos. Luan, que entrou no segundo tempo, pegou rebote na entrada da área e chutou de primeira, levando muito perigo. Aos 35, o São Bento quase fez o segundo em cobrança de falta. Victor Pereira subiu alto e cabeceou na trave. A partida seguiu movimentada, mas sem mais chances claras de gol.


   Foto: Dorival Rosa / Portuguesa

Autoria: Fonte: Federação Paulista de Futebol