×
11/06/2022 09h52 Há 715 dias
Tênis de mesa: Seletiva define duas vagas na Seleção

    Dizem que sonhar grande e sonhar pequeno dá exatamente o mesmo trabalho. E com o objetivo de transformar o sonho de defender a Seleção Brasileira em realidade, grandes nomes do tênis de mesa nacional competem neste sábado (11), no Centro Paralímpico Brasileiro, em São Paulo (SP). Em disputa, uma vaga masculina e uma feminina no Campeonato Sul-Americano da modalidade, agendado para o período de 21 a 27 de julho, na cidade de Pereira, na Colômbia. O canal da CBTM no YouTube (https://www.youtube.com/c/TMdoBrasiltransmite ao vivo.

    “Somente o campeão de cada gênero tem a vaga garantida. As demais vagas serão preenchidas por critérios técnicos, como de praxe”, informa Lincon Yasuda, o coordenador de seleções olímpicas da Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM).

    E atrás dessas vagas estarão nomes como Guilherme Teodoro (campeão do TMB Platinum de Joinville), Carlos Ishida, Diogo Silva (bronze nos Jogos Pan-Americanos Júnior, nas duplas), Kenzo Carmo (campeão juvenil do TMB Platinum do Rio de Janeiro), Richard Pinheiro (campeão brasileiro do Absoluto A em 2020), Allan Sarmento (líder do ranking do Absoluto A), Israel Barreto e Leonardo Iizuka (ouro individual nos Jogos Sul-Americanos da Juventude), cabeças de chave da disputa masculina, que terá um total de 21 competidores.

    A disputa no feminino também promete excelentes jogos, de elevado nível técnico entre as 18 mesa-tenistas. Teremos nas competindo duas medalhistas paralímpicas e duas integrantes da Seleção Brasileira nos últimos Jogos Olímpicos, ao lado de promessas da modalidade. Ranqueada mundialmente, Caroline Kumahara puxa a fila, ao lado da vice-campeã paralímpica Bruna Alexandre. As outras cabeças de chave são Laura Watanabe (medalhista dos Jogos Pan-Americanos Junior), Giulia Takahashi (reserva da Seleção olímpica em Tóquio), Victória Strassburger, Beatriz Kanashiro, Tamyres Fukase e Sofia Kano (líder do ranking nacional do Absoluto A).

    As regras da disputa são bem simples. Os oito mesa-tenistas de melhor classificação no Rating entram na competição apenas na segunda fase. Antes disso, serão formados grupos que podem ter de dois a quatro atletas, dependendo do gênero. Os dois melhores de cada grupo avançam para a etapa de eliminatória simples, que segue até se conhecer quem fica com a vaga na Seleção Brasileira. Toda a primeira fase e os jogos das oitavas de finais serão disputados em uma melhor de cinco sets, passando a sete sets a partir das quartas de finais.
    O sorteio dos grupos e do emparceiramento dos cabeças de chave na segunda fase ocorreu na quinta-feira (9), com transmissão pelo canal do YouTube da CBTM. A primeira rodada da Seletiva Nacional Olímpica está prevista para iniciar às 9h, com as disputas dos grupos masculinos.

    Foto: Luiza Moraes /  COB

Autoria: FATO&AÇÃO COMUNICAÇÃO Fonte: Confederação Brasileira de Tênis de Mesa