×
30/08/2022 18h00 Há 687 dias
280 idosos fazem passeio de Trenzinho Turístico

    “Nossa, me lembro de quando existia bonde em Piracicaba. Ele partia da Estação da Paulista e seguia até o Centro”, contou, animada, Doraci de La Matricce, de 74 anos. Assim teve início um dos passeios no Trenzinho Turístico, realizados na semana passada, com mais de 280 idosos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV Gerações). A atividade autoguiada foi realizada pela Prefeitura, por meio de parceria entre as Secretarias Municipais de Assistência e Desenvolvimento Social (Smads) e Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo (Semdettur).

    O objetivo da ação foi promover conhecimento e integração entre os idosos. De acordo com a coordenadora do SCFV, Rebecca Passarini, essas programações são pensadas para a promoção de vivências dos usuários. “Um dos eixos trabalhados com os grupos socioeducativos dos idosos foi Cultura, com ênfase no aniversário da cidade, e este passeio possibilitou a eles um conhecimento mais aproximado da história de Piracicaba”, explicou.

    Durante o percurso, histórias dos pontos turísticos e patrimônios da cidade contavam um pouco da cultura piracicabana. Desde a Rua do Porto, saindo do Casarão do Turismo, passando pela Estação da Paulista, a Santa Casa de Misericórdia, até o Estádio do XV de Novembro, a Esalq, o Shopping, percorrendo o Mirante, o Museu da Água, a Passarela Pênsil e o largo dos Pescadores. “Foi um passeio cheio de aventuras e muita diversão. Sou natural de Itupeva, mas estou a bastante tempo por aqui e fiquei admirada com tanta beleza”, afirmou Sebastiana de França Batista, de 77 anos.

    Enquanto seguiam no trem, acenar para as pessoas que caminhavam nas calçadas era inevitável. “É um momento de entusiasmo. Durante o passeio me lembrei de quando parti de Piracicaba para São Paulo. Na época viajei de trem, mas meu coração me trouxe de volta”, disse Maria do Carmo da Silva, de 65 anos.

    Ao final do trajeto, a canção de Tião Carreiro e Pardinho, o Rio de Lágrimas, comoveu a todos. “Desde criança, quando morava no Paraná, ouvia essa canção e pensava que um dia estaria aqui e hoje, isso é uma verdade. Sou uma cidadã de Piracicaba”, falou Maria Nilza de Oliveira, de 76 anos.

    No total foram realizados sete passeios, com idosos dos grupos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, realizados nos territórios dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) Jardim São Paulo, Mário Dedini, Novo Horizonte, Piracicamirim, São José e Vila Sonia, além dos idosos atendidos pela Equipe Volante no Algodoal, Anhumas, Artemis, Bosques do Lenheiro, Eldorado, Jardim Gilda, Santa Rosa e Santo Antonio.


    Foto: Isabela Borghese / Flávia Silva Perez

Autoria: Flávia Silva Perez Fonte: Prefeitura de Piracicaba