×
24/09/2022 19h20 Há 637 dias
4ª Corrida Pela Vida está de volta e estimula a doação de órgãos

    Propor a conscientização da população sobre a importância de temas relevantes, como a doação de órgãos, por exemplo, é uma das missões sociais da Santa Casa de Piracicaba. E dentro das ações propostas, a instituição realiza neste domingo, 25, a 4ª edição da Corrida Pela Vida, que conta com mais de 1.800 inscritos que se concentrarão na avenida Renato Wagner a partir das 7h30 para um percurso de 5,5km ao longo da avenida Juscelino Kubitscheck, com retorno ao ponto de partida. A largada acontece às 8h.

    A cada ano, o evento ganha mais adeptos e os 1.600 kits (camiseta + boné) disponibilizados gratuitamente, tiveram as inscrições esgotadas em 45 minutos. A Campanha, que quer alertar para o impacto da doação de órgãos na vida de milhares de pessoas que aguardam na fila a espera de um transplante. A mobilização está inserida na 9º Campanha de Doação de Órgãos que o Hospital realizada por meio de sua CIHDOTT- Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos  que registrou a doação, que registrou cerca de 1.743 doações de córneas e múltiplos órgãos nos últimos 13 anos. A Comissão atua na Santa Casa de Piracicaba há 21 anos.

    Ela lembra que, atualmente, 51.674 brasileiros aguardam na fila por um transplante de órgãos que possa restabelecer suas vidas. Desse total, 16.957 pessoas foram incluídas na lista somente no primeiro semestre de 2022, de acordo com levantamento feito semestralmente pela ABTO (Associação Brasileira de Transplante de Órgãos).

    Segundo Milena, a partir do momento que a família é abordada de forma clara e humanizada pela CIHDOTT e informada sobre a possibilidade do seu familiar ser um doador, ela opta ou não pela doação. “Quando o desejo de doar é manifestado, o Hospital segue, então, o protocolo estabelecido pelo Sistema Nacional de Transplante, que exige também a assinatura obrigatória do termo de doação para início do processo de captação do órgão ou dos órgãos doados”, explica a enfermeira.

    Ela esclarece que, quando a pessoa manifesta em vida o desejo de ser doador, os familiares normalmente respeitam esta decisão quando são abordadas pela CIHDOTT para uma possível doação de órgãos. “Daí a necessidade de fazer com que o tema ‘doação de órgãos’ faça parte do cotidiano das pessoas, ação que poderá ser potencializada por meio da 4ª Corrida Pela Vida”, disse Milena. 

Ela aposta na adesão da sociedade e no apoio de profissionais de saúde e da mídia para tornar a espera por um órgão menos longa e dolorosa e lembra que, para se tornar um doador, é importante que a pessoa comunique esta decisão à família.

    A #4CorridaPelaVida é realizada graças aos patrocinadores: CJ Brasil, patrocinadora máster; Toyota Nippokar, Nestle, Sesc Piracicaba, Shopping Piracicaba, Santa Casa Saúde, Prefeitura do Município de Piracicaba, Medcompany, LD Confecções, EcoNatur, Viveiro Municipal, Raul Dance, Agita SP, DRS-10 (Departamento Regional de Saúde), Hemonúcleo Piracicaba, Lar dos Velhinhos, Liga dos Anjos, Padaria Vila Romana, Padaria Riviera, Padaria Panhoca, Banca do Rosada, Casa de Carnes Piracicaba, Paulinho Hortifruti e com o apoio do Tiro de Guerra Piracicaba, Semuttran, Policia Militar, Helicóptero Águia e Polícia Rodoviária.

    9º ENCONTRO - Para fortalecer ainda mais a campanha, na terça-feira dia 27, a Santa Casa realiza 9º Encontro dos Doadores de Receptores de Órgãos. A proposta é, de fato, reverenciar o Dia Nacional do Doador de Órgãos, comemorado nesta data e promover ações que façam com que este tema seja discutido junto à sociedade.

    Recheado de emoções e repleto de histórias que envolvem a doação e a receptação de órgãos, esse encontro ajuda a desmistificar os diversos aspectos que ainda limitam a doação de órgãos no Brasil. O evento será realizado no Salão de Convenções da Santa Casa de Piracicaba, a partir das 9h.

Autoria: Fernanda Moraes Fonte: Santa Casa de Piracicaba