×
04/10/2022 16h00 Há 558 dias
Imaflora e “Corredor Caipira” trabalham a sensibilização de crianças

    Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola (Imaflora) e o projeto “Corredor Caipira – Conectando Paisagens e Pessoas”, que tem patrocínio da Petrobras, realizam nesta quarta-feira (5), das 7h às 12h, na Estação Experimental de Tupi (Horto de Tupi), em Piracicaba (SP), o evento “Sementes da Transformação”, que acontece em comemoração ao Dia da Árvore, celebrado em 21 de setembro.

    A ação reunirá a presença de alunos da Escola Estadual Prof. Benedicto Evangelista Costa, do Jardim Gilda, que participarão de plantio de mudas, atividade artística e bate-papo sobre mudanças climáticas.

 O objetivo é contribuir para a sensibilização das crianças quanto à importância da restauração florestal num cenário de preocupação com as mudanças climáticas, além de incentivar a valorização do meio ambiente.

    FLORESTAS -  "A ideia do evento é que, através de ações simples, o plantio de árvores para recuperação de áreas degradadas e dinâmicas abordando o meio ambiente, possamos sensibilizar crianças e adolescentes para a importância das florestas para nossas vidas, para nosso dia a dia”, afirma Leonardo Martin Sobral, gerente de legalidade florestal do Imaflora.

 “A parceria com o Corredor Caipira foi um presente, pois, através dessa conexão de pessoas, contribuiremos também para a conexão dos fragmentos florestais, tão importantes para nossa região. Vamos plantar a sementinha da educação ambiental nessas crianças, para que prosperem e levem essa experiência para suas vidas", completa Sobral.

    RESTAURAÇÃO FLORESTAL E MUDANÇAS CLIMÁTICAS - “Esse é o momento mais oportuno para tratarmos dos temas da restauração florestal e das mudanças climáticas. O nosso cenário socioambiental atual é muito preocupante e há a urgência de abordarmos esses temas com diferentes públicos. A expectativa é de reunir 50 crianças em uma série de atividades que vão trabalhar de forma lúdica e prática a importância da restauração florestal e das questões relacionadas às mudanças climáticas”, afirma Karine Faleiros, coordenadora de educação e políticas públicas do Corredor Caipira.

     Estamos muito felizes pela parceria com o Imaflora, com a Escola Estadual Prof. Benedicto Evangelista Costa e com o Horto de Tupi, que é um espaço privilegiado”, completa Karine. Para custear o evento, o Imaflora usará parte de um recurso advindo da ETEC Trajano Camargo, de Limeira, que presenteou o instituto ao receber um prêmio do Rainforest Challenge. O “Corredor Caipira” é realizado pela Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz (Fealq) e pelo Núcleo de Cultura e Extensão em Educação e Conservação Ambiental (Nace-Pteca) da Esalq/USP (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz/Universidade de São Paulo), com patrocínio da Petrobras.

    SOBRE O IMAFLORA - O Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola (Imaflora) é uma associação civil sem fins lucrativos, criada em 1995 sob a premissa de que a melhor forma de conservar as florestas tropicais é dar a elas uma destinação econômica, associada a boas práticas de manejo e à gestão responsável dos recursos naturais. O Imaflora busca influenciar as cadeias produtivas dos produtos de origem florestal e agrícola, colaborar para a elaboração e implementação de políticas de interesse público e, finalmente, fazer a diferença nas regiões em que atua, criando modelos de uso da terra e de desenvolvimento sustentável que possam ser reproduzidos em diferentes municípios, regiões e biomas do país. Mais informações: www.imaflora.org

     CORREDOR CAIPIRA - O projeto “Corredor Caipira – Conectando Paisagens e Pessoas” realiza restauração ecológica e recuperação florestal no interior paulista, em território que abrange, diretamente, Piracicaba, São Pedro, Águas de São Pedro, Santa Maria da Serra e Anhembi. Outros 13 municípios serão beneficiados indiretamente: Avaré, Analândia, Bofete, Botucatu, Charqueada, Corumbataí, Guareí, Ipeúna, Itatinga, Itirapina, Pardinho, Rio Claro e Torre de Pedra. O objetivo da iniciativa, que tem patrocínio da Petrobras, por meio do programa Petrobras Socioambiental, é implantar 45 hectares de florestas e agroflorestas e formar corredores agroecológicos que conectam fragmentos florestais. 

    Mais informações: www.corredorcaipira.com.br

 

    Foto: Lucas Molina

Autoria: Rafael Bitencourt Fonte: