×
20/05/2022 19h55 Há 734 dias
Operação para prevenir incêndios vistoria mais de 960 propriedades rurais no Estado

    A Polícia Militar Ambiental e o Ministério Público de São Paulo, por meio de seu Grupo de Atuação Especializada em Meio Ambiente (Gaema), deflagraram, nos dias 17 e 18 deste mês, a operação “Huracán” para prevenir incêndios em todo o Estado. As atividades foram realizadas em integração à operação Sufoco e resultou na vistoria de 961 propriedades rurais, cujos responsáveis receberam orientações dos agentes.

    Participaram das atividades 450 policiais militares, além dos integrantes do Gaema, com foco em coibir focos de incêndio e minimizar o impacto desses incidentes na saúde da população e meio ambiente.

    Durante a fiscalização em propriedades rurais, os proprietários e produtores foram orientados quanto às medidas de prevenção, como a manutenção dos aceiros nos canaviais e a existência dos planos de auxílio mútuo; manutenção adequada das margens de rodovias (faixas de domínio); cuidado pelas unidades de conservação; e outros pontos de vulnerabilidade que também foram alvo do policiamento preventivo.

    Ao longo da operação, que neste ano contou com o reforço de representantes municipais da Defesa Civil, foram percorridos 2.684 quilômetros de aceiros e 5.294 quilômetros de margens de rodovias (faixas de domínio) e zonas de amortecimento de unidades de conservação. 

    CURIOSIDADE - O nome da ação faz alusão à mitologia maia, que define Huracán como o deus responsável por catástrofes naturais com a invocação de elementos como o vento, fogo e terra.

Autoria: Assessoria de Imprensa Fonte: Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo