×
13/06/2022 15h40 Há 680 dias
Procon faz pesquisa de taxa de juros

    Pesquisa do Procon-SP constatou que o empréstimo pessoal teve alta de 0,74% em junho. A taxa média dos bancos pesquisados foi de 6,82% ao mês, acréscimo de 0,05 p.p em relação à taxa média referente a maio, que foi de 6,77%, uma variação positiva de 0,74%.

    As alterações foram constatadas no Banco do Brasil e no Banco Bradesco – o Banco do Brasil alterou sua taxa de 6,17% para 6,32% (um acréscimo de 0,15 p.p, representando uma variação positiva de 2,43%) e o Banco Bradesco alterou sua taxa de 8,43% para 8,55% (um acréscimo de 0,12 p.p, representando uma variação positiva de 1,42%).

    No cheque especial não houve alteração em nenhuma das instituições e a taxa média permaneceu de 7,96% ao mês. Desde fevereiro do ano passado essa taxa permanece a mesma.

    O levantamento, realizado mensalmente pelo núcleo de pesquisas da Escola de Proteção e Defesa do Consumidor, foi feito dia 1 de junho no Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Itaú, Safra e Santander. Veja aqui

https://www.procon.sp.gov.br/wp-content/uploads/2022/06/RTXJUROS06.22.pdf

    Orientações ao consumidor - O consumidor deve evitar contrair dívidas. Caso seja realmente necessário obter crédito, deve pesquisar várias modalidades oferecidas no mercado financeiro e observar que com a limitação dos juros do cheque especial a maioria dos bancos elevou muito da taxa de empréstimo pessoal.

Autoria: Assessoria de Imprensa Fonte: Procon - SP