×
21/06/2022 08h46 Há 756 dias
Segunda atividade das Rotas Afro-caipiras conectam meio ambiente e cultura

    No próximo domingo (26) acontecerá a segunda edição das Rotas Afro-Caipiras, na propriedade rural Betin`s Laticínios em Piracicaba, e terá como apresentação cultural a violeira Luana Iris. A ação é gratuita e tem vagas limitadas, os interessados devem entrar em contato no e-mail institutoterramater@gmail.com ou nas redes sociais. A atividade é uma parceria do Instituto Terra Mater e o Rotas Afro com financiamento do PROAC. 

    Os são roteiros turísticos das Rotas Afro-Caipiras envolvem produtores agroecológicos e manifestações artísticas afrocentradas de Piracicaba com objetivo de conectar produtores rurais com grupos da cultura tradicional e contemporânea, provocando reflexões sobre a ruralidade e a negritude. 

    Cada roteiro terá duração de aproximadamente 5 horas, com o objetivo de promover uma imersão com leveza, combinada com atividades que percorrem a contextualização histórica do território e dos grupos culturais, passando por vivências onde os participantes entrarão em contato com a terra.

    A Guia de Turismo Julia Madeira conta sobre a importância do projeto para a cidade “A identidade piracicabana é composta de negritude e ruralidade, esse projeto traz a oportunidade de discutir essas temática e as questões de classe, além disso estamos contratando produtores rurais, grupos tradicionais e novos artistas que agregam ruralidade e negritude em suas obras.”

    A primeira ação aconteceu no dia 29 de maio, no Sítio São Benedito, que é rodeado por plantações de cana de açúcar, mas uma referência na produção orgânica e ecológica na região, simbolizando a resistência de uma agricultura ecológica e saudável e teve a presença do grupo percussivo Samba de Lenço de Piracicaba. A atividade esteve voltada ao grupo de idosos atendidos pelo CRAS.

    O projeto pretende fomentar as iniciativas de impacto local, seja dos produtores rurais ou dos grupos artísticos, em uma atividade onde ambos colaboram para a preservação da identidade cultural do interior caipira, sendo essencial a sua contribuição para a valorização cultural e para o resgate de memórias e, fortalecer os vínculos da economia solidária, do consumo responsável e da agroecologia. 

    Cultura Afro-caipira - Valorizar a cultura Afro-caipira é compreender os saberes ancestrais, os diferentes modos de produção artesanal e as formas de organização econômica, valorizando o meio ambiente e as manifestações artísticas urbanas e rurais do interior. 

    Compreendemos assim o povo caipira capilarizado em seu território enquanto terra, economia e pertencimento. Aquele que vive fundamentalmente do próprio chão e por isso a necessidade de preservar a natureza e a cultura. 

    Instituto Terra Mater - O Instituto Terra Mater é uma organização não governamental sem fins lucrativos, sediada em Piracicaba -SP, que tem como valores o fortalecimento da agricultura sustentável e familiar, consumo responsável, educação e cultura acessíveis.

    A instituição atua em iniciativas culturais e de caráter educativo. Com isso, em 2010, se tornou ponto de cultura, o que permitiu conectar a cultura popular ao trabalho desenvolvido no âmbito da produção de base ecológica e do consumo responsável, pois entende-se que a cultura é um ponto chave que abre portas às mais diversas reflexões sobre a nossa sociedade.

    Rotas Afro - O projeto Rotas Afro desenvolve roteiros de afrofuturismo no interior de São Paulo, como a Rota Afro Piracicaba, que desde 2019 atua com base nas pesquisas de Noedi Monteiro, Antonio Filogênio de Paula Junior e outros mestres e mestras Piracicabano e, a Rota Afro Campinas. 

    O projeto foi idealizado por Julia Madeira, Guia de Turismo da categoria Nacional credenciada no Ministério do Turismo e especializada em roteiros de afroturismo. Atualmente, graduanda em Produção Cultural (Uniasselvi).


   Fotos: Jaqueline Altomani

Autoria: Fonte: Instituto Terra Mater