×
26/03/2022 14h30 Há 813 dias
Servidores municipais entram em greve no dia 1º de abril

    Dando continuidade na campanha salarial, o Sindicato dos Trabalhadores Municipais de Piracicaba e Região realizou a quarta assembleia dos servidores municipais de Piracicaba, na noite da última sexta-feira (25), em frente ao Centro Cívico da prefeitura de Piracicaba.  A entidade recebeu a proposta de 14,04% em duas parcelas, sendo 10,56% com pagamento em março e 3,17% a ser pago em julho.  O restante parcelado para 2023 e 2024: pagamento da reposição inflacionária mais 3,17% a partir de julho de 2023 e reposição inflacionária e mais 3,16% a partir de março de 2024, que foi rejeitada por unanimidade pelos servidores presentes na assembleia.

    Com a participação de cerca de 2.500 servidores e mais de mil servidores acompanharam a transmissão ao vivo pela fanpage da entidade, os dirigentes sindicais explicaram tudo que implica uma greve no funcionalismo municipal, porém a assembleia optou pela greve que passa a ser decretada a partir do dia 01 de abril.  Uma comissão de greve foi criada com representantes de cada secretaria da prefeitura e autarquia, que deverão se reunir na próxima terça-feira às 19h no Sindicato para definirem o plano de ação.

    Lembrando que a prefeitura, em oficio destacou que esta foi a última proposta, demostrando não haver mais negociações.  O presidente do sindicato, Valdir Sgrigneiro, afirmou que os funcionários devem seguir mobilizando em frente à prefeitura e aguardando 72 horas para administração indicar os serviços essenciais.

    

      Fotos: Lilo Banzatto

Autoria: Fonte: Sindicato dos Servidores Municipais de Piracicaba