×
10/05/2022 17h30 Há 745 dias
Sindicato dos Bancários arrecada 17 mil absorventes

    Organizada pelo Sindicato dos Bancários de Piracicaba (SINDBAN), a Campanha Contra a Pobreza Menstrual mobilizou bancárias e bancários em uma ação solidária para trazer dignidade menstrual principalmente a adolescentes e mulheres jovens.A campanha que teve início em março, Mês da Mullher, arrecadou 17.370 absorventes em 68 agências bancárias.

    Segundo Angela Savian, vice-presidente do SINDBAN e coordenadora da campanha “foi uma competição sadia que teve um engajamento fantástico de toda a base do sindicato”, avaliou as doações foram entregues a quatro entidades: Crami, Educando pelo Esporte, Centro de Ressocialização e Fundo Social de Solidariedade. No evento de entrega, o Crami foi representado pela coordenadora Administrativa, Paula Cordeiro, o CRAM foi representado pela Coordenadora Fabiana Menegon de Campos, o Educando Pelo Esporte foi representado pela Coordenadora do Case, Abigail Meira, o Centro de Ressocialização foi representado pela agente penitenciária, Renata de Freitas e o Fundo Social de Solidariedade foi representado por sua presidenta Andrea Cristina Alves Mattedi de Almeida que estava acompanhada pela Secretária Euclídia Fioravante.

    DOAÇÕES - O Fundo Social de Solidariedade recebeu 9102 absorventes, o CRAM, 6.028, o Centro de Ressocialização, 1128 e o Educando Pelo Esporte, 1112.

    RECONHCEMENTO - Como forma de reconhecer o envolvimento de bancárias e bancários, o SINDBAN presentou com troféus as três agências que mais arrecadaram absorventes. Em terceiro lugar ficou a agência do Itaú de São Pedro – 1104 unidades, em segundo a agência da Caixa da Cidade Alta – 1280 unidades e a grande vencedora da campanha solidária foi a agência Itaú Plataforma – 1600 unidades.O gerente Guilherme Nassin Medina recebeu o troféu de terceiro lugar representando a agência Itaú de São Pedro.

    Marcos Bascheira, funcionário da Caixa e diretor do Sindban recebeu o troféu de segundo lugar pela agência Cidade Alta e Carlos Renato Silva, também diretor do SINDBAN, recebeu o troféu de primeiro lugar na arrecadação de absorventes pela Agência Itaú Plataforma.José Antonio Fernandes Paiva, presidente do SINDBAN, fez questão de realçar o ato de solidariedade das bancárias e bancários para as pessoas em situação de necessidade social que muitas vezes sequer têm absorventes e usam meios pouco recomendados para sua higiene pessoal. “A entrega das doações para o Fundo Social torna mais eficaz o uso das doações, pois o poder público tem as demandas cadastradas”, comentou.

    POBREZA MENSTRUAL - Dados da ONU apontam que uma em cada dez jovens falta às aulas durante o período menstrual em todo o mundo. No Brasil, esse número é ainda maior: uma entre quatro estudantes já deixou de ir à escola por não ter absorventes. Ao enfrentar essa realidade, essas estudantes perdem, em média, até 45 dias de aula por ano

Autoria: Fonte: Sindicato dos Bancários de Piracicaba