×
23/07/2022 13h02 Há 671 dias
UCO da Santa Casa promove estágio de férias em Cardiologia

    A UCO - Unidade Coronariana do EMCOR da Santa Casa de Piracicaba recebeu seis residentes médicos durante o mês de julho para os estágios de férias em cardiologia, sob o comando do cardiologista Humberto Passos. “Trata-se de uma grande oportunidade de aprendizagem e o curso tem tido uma procura bastante concorrida para os períodos de férias de julho e janeiro”, disse.

    Ele lembra que o Serviço de Cardiologia da Santa Casa já participa da formação de residentes de Cardiologia e Clínica Médica e tem recebido universitários de diversas universidades públicas e privadas para este tempo de aprendizagem durante os estágios de férias.

“Esta troca, através da qual nos debruçamos para discussão de casos dentro da Unidade Coronária é sem dúvida algo de grande importância na formação do médico; pois dentro deste contexto de ensino, temos a oportunidade de trabalhar     vários aspectos e assuntos que exclusivos à patologia, com foco direcionado também à postura, ética, humanização e percepção da equipe quanto ao trabalho multidisciplinar necessário ao bom cuidado”, considera Passos.

    Ele conta que o Programa de Residência Médica é supervisionado pelo Coreme (Comissão de Residência Médica da Secretaria Municipal de Saúde) e teve início em 2015 na Santa Casa com o objetivo de formar médicos especialistas em diversas áreas para qualificar ainda mais a Rede de Atenção em Saúde e aumentar a resolução e satisfação dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

    “Ao longo do período, os médicos residentes trabalham em diversos locais que compõem a rede e realizam estágios nas unidades de PSF, UBS, Centro de Especialidades, Unidades de Pronto Atendimento, CPAN, COT e em hospitais da cidade, a exemplo da nossa Santa Casa”, explica.

    Passos diz que o processo de ensino-aprendizado durante os estágios é caracterizado pelo treinamento em serviço, com orientação de profissionais médicos de elevada qualificação ética e profissional. “É este o perfil de profissional que precisamos e ajudamos a formar”, considerou.

    Ele finaliza ressaltando que a Santa Casa tem atuação preponderante neste processo ao abrir suas portas e direcionar seus profissionais e sua estrutura para a formação de  residentes. Segundo ele, a cidade é referência em saúde pública e o Programa torna a rede mais atrativa a novos médicos e mais resolutiva à população que precisa desses serviços.

Autoria: Nilma Moratori Fonte: Santa Casa de Piracicaba